Home E-mail
Buscar no site
Idiomas
  • Idioma Inglês
  • Idioma Português
Dúvidas Frequentes
Confira algumas dúvidas frequentes.
  • Você está apto a realizar a nossa celebração de casamento?

    Sim, tenho formação e dom e já realizei mais de 1000 casamentos e atuo  fundamentado na autoridade dos noivos, que são os autores do casamento, a partir do testemunho de todos os presentes e  com a benção dos pais. Me tornei celebrante pois cansei de participar de cerimônias em que as pessoas estavam vibrantes com a importância do momento, mas decepcionadas com a pessoa que conduzia. Porque estes momentos de mudança de vida mereciam maior atenção e cuidado e não ladainhas intermináveis que soam falsas. Enfim me tornei celebrante porque sei que todos merecem uma celebração a altura de suas expectativas onde a condução seja entregue nas mãos de um Profissional de Celebração, que se preparou especialmente para esta função!

  • Quando devemos reservar-lhe como nosso celebrante?

    Tão logo tenham a data, local e horário decididos devem entrar em contato e fechar contrato para garantir a vaga. Atualmente nossa antecedência está em (15) quinze meses, porém, se José Ferraz Celebrante não tiver mais a sua data, ele ainda poderá atendê-lo através da Empresa José Ferraz Celebrante, onde celebrantes designados atenderão a data sob a Supervisão e Atendimento de José Ferraz Celebrante, que, inclusive, prepará pessoalmente a sua celebração, confiando o texto a um dos seus orientados.

  • Qual a sua diferença em relação ao Juiz de Paz, o Padre, o Pastor e os outros celebrantes?

    O Juiz de Paz não faz celebração, apenas o ato civil, pode ser considerado um Oficiante, o Padre e o Pastor são celebrantes dentro de uma doutrina religiosa e não deveriam cobrar por seus serviços pois o exercem como um Ministério Religioso e o Profissional de Celebração  é um prestador de serviços como qualquer outro que está submetido a regras como ter contrato, atender bem e prestar um bom  serviço ao cliente. Com o credenciamento como Ministro de Celebração temos condições de realizar a cerimônia com efeito civil, o que facilita bastante, pois une a praticidade da cerimônia no local com o efeito civil que dá legalidade ao ato.

  • Quanto tempo vai durar a celebração?

    Uma celebração personalizada durará entre 20 e 30 minutos, podendo ser mais longas se adicionar elementos ou se houverem muitos padrinhos a assinar. Na modalidade “Vows Celebration” tem duração de 15 minutos e na "Personal Weddings" e "Elopement Wedding",  que são cerimônias de oficialização,  dura em torno de 20 minutos no máximo.

  • Para que serve o Livro Personalizado de Casamento? Posso confeccionar o meu?

    No Livro de casamento está escrito tudo que foi preparado para aquele momento, será onde os padrinhos e pais assinam e depois fica na recepção para todos deixarem Mensagens para o casal. Você pode confeccionar o seu próprio livro, em confirmidade com o celebrante, inclusive combinar com o fotógrafo e enfeitá-lo com fotos do ensaio do casal. Lembrando que alguns pacotes o Livro não está incluso, tendo que ser adquirido em separado.

  • Quais são os tipos de celebração que você realiza?

    São sempre cerimônias emocionantes em que vocês, seus familiares e convidados participam. Podem ter temas variados como poesia, música ou falar das convicções religiosas do casal e da família. Podemos preparar cerimônias para os mais importantes momentos de passagem de sua Vida, tais como nascimento, paternidade, escola, emprego e até funerais. Temos as seguintes modalidades: CLÁSSICA -RELIGIOSA -TRADICIONAL - CELTA - DRUÍDICA - PERSONALÍSSIMA - CERIMONIA DAS AREIAS - VOWS CELEBRATION - ELOMENT WEDDING - PRIVATE - MINI WEDDING - WELCOME CHILDREN - MELHOR AMIGO - AQUISIÇÃO DA ESCRITA - IDA A ESCOLA-  INAUGURAÇÕES - BODAS - FUNEBRES - AÇÃO DE GRAÇAS - BREAKING A PART e todas as cerimônias que pudermos elaborar a partir do Briefing do Cliente. 

  • Como você se veste para celebração?

    Uso uma túnica  estilo “mandarim” modelagem européia muito elegante, podendo adaptar as cores conforme a ocasião: PRETO, para celebrações clássicas ou realizadas à noite(depois das 19h); CINZA, para durante o dia(antes das 19h)  e BEGE, para celebrações Especiais, e para cerimonias "pé-na-areia", Celta e Druídica temos vestes adaptadas para a ocasião.

  • Como você cobra?

    Antes de mais nada gostaria de explicar a diferença entre Preço - Valor e Honorários: "Quando nos referimos aos custos de um produto falamos de Preço, já o Valor diz respeito aos benefícios e a satisfação pessoal em relação ao produto ou serviço e Honorário é a soma do conhecimento, o produto, a qualidade, a experiência e ao Know-how do profissional.  Cobramos os honorários  do celebrante mais o deslocamento até qualquer parte do país e exterior que o sonho dos casais nos levar. O cliente não paga a celebração, mas os honorários do Profissional de Celebração. Uma vez um cliente me falou que em relação a todos os gastos de um casamento, o percentual destinado ao celebrante é  mínimo se comparado a outros serviços que você não lembrará daqui a 10 anos e no entanto, e ele é  o "maestro" da emoção no casamento. Sempre lembro disso quando o cliente se preocupa com o preço!

  • O que são as Práticas dentro da celebração?

    É o momento dentro da celebração que o casal realiza uma simbologia envolvendo areias coloridas, velas, água, champagne, entrelaçamento ou outras, em que representam a importância da união do casal. É possível , inclusive em algumas delas, adquirir uma pequena recordação para que levem consigo para efeitar seu novo Lar.

  • Como são feitas as celebrações com um dos cônjuges estrangeiro?

    Obrigado por esta pergunta, pois são cada vez mais frequentes uniões assim, casais que casam no estrangeiro e depois vêm para o Brasil para fazer uma celebração. Costumo fazer a cerimônia em português com votos na língua em que o casal se comunica e explicações em Inglês ou Espanhol para que os acompanhantes estrangeiros entendam o contexto. Não aconselhamos a contratação de interpretes, pois não se trata de um casamento civil, que exige sim um Tradutor Juramentado e sim uma cerimônia cujo a ritualistica é facilmente interpretada por todos. 

  • Posso celebrar meu primeiro emprego ou a ida dos meus irmãos para a escola?

    Sim, todos os momentos importantes podem e devem ser celebrados. Podemos preparar ainda cerimônias para momentos difíceis como funerais ou alegres como nascimento de filhos ou aquisição da casa nova, ou mesmo a amizade com um animal de estimação.

  • A celebração Para o Melhor Amigo é rezar pela alma do cachorro?

    Obrigado por esta pergunta tão sincera, pois a celebração Para o Melhor Amigo é algo novo e por isso ainda precisa de muito esclarecimento. Uma pessoa convive com seu animal de estimação em momentos muito importantes de sua vida e muitos animais acompanham seus donos por até 20 anos. Neste tempo um vinculo de Amor e Amizade foi criado e é isso que celebramos. É uma celebração do Amor e da Amizade que nós humanos podemos ter por nossos animais de estimação que nos dão tanto carinho e nos acompanham por muitos anos.

  • Qual o seu Diferencial em relação aos demais profissionais?

    Bom, sempre digo que a escolha de um profissional é uma questão de empatia, porém escolher um profissional com diferenciais agrega valor a sua contratação e ao seu evento. Posso dividir em alguns itens:  

    • Conhecimento/Atualização: além de todo o conhecimento nas áreas de filosofia, antropologia, neurolinguística, técnicas de retórica e dicção, estamos nos atualizando constantemente, como os conhecimentos de fotografia, direito civil e protocolos cerimoniais que ajudam bastante na hora em que o evento está acontecendo;
    • Tecnologia/Modernidade: podemos utilizar para nossa comunicação microfone sem fio staner headset, nossos textos estão em arquivos de dados no minipad Apple, garantindo maior mobilidade e interatividade na hora de celebrar,  e recentemente adquirimos mesa de som de 2 canais que permite dividir aquele único canal da mesa do Dj e utilizar dois microfones ao mesmo tempo(o do celebrante e outro para os noivos) ;
    • Parceria/Empreendedorismo: na relação com os demais profissionais procuramos fazer a diferença na hora de somar para que o evento seja um sucesso como um todo. Exemplo disso é cuidar do posicionamento dos noivos em relação a fotografia nos momentos de assinatura e troca de alianças e ceder as melhores posições junto a mesa de celebração para os profissionais de imagem o que faz toda a diferença no  resultado das fotos.
    • Formamos, orientamos e Supervisionamos Profissionais de Celebração: outros profissionais podem ser designados para atender as nossas datas sob supervisão e orientação direta nossa, onde todo o nosso knowhow poderá estar a serviço da realização de mais de um sonho na mesma data.

     

  • A Cerimônia Celta é uma religião? A pessoa tem que ser Celta para ter uma celebração assim?

    R.: Primeiramente a Cerimônia Celta, como a Indiana, são cerimônias baseadas em uma cultura, são produtos de pesquisa do Celebrante que as realiza incerindo elementos da cultura dentro de um ritual de casamento. Portanto é Cultura e não religião! Qualquer pessoa pode ter uma celebração baseada na cultura Celta em seu casamento e nem por isso será celta, mesmo por que esta civilização está extinta, tendo permanecido seus costumes e sua cultura que são utilizados na cerimônia. A maioria dos elementos da Religião dos Celtas está reunida no Duridísmo.

  • É verdade que procuram você somente casais sem Religião?

    Não é verdade, isso é uma estratégia comercial dos celebrantes religiosos. Se fizesse isso estaria indo contra as minhas convicções e cometendo um crime contra o Art. V da Constituição Brasileira, inclusive já fui contratado por casais que não casaram na igreja somente por que queriam fazer a celebração na beira da praia ou em um clube e no entanto, o conteúdo da celebração foi RELIGIOSO, usamos textos bíblicos e reflexões religiosas. Sinto-me autorizado para estas celebrações, pois fiz Estudos teológicos, cristologia, história da igreja e cultura das religiões no Seminário Arquidiocesano e fui aluno de D. Dadeus Grings, D. Claudio Colling, D. Boaventura Koplemburg, Edvino Rabuski, Mons. Agostinho Soutier, D. Edmundo Kunz e convivi com o maravilhoso Dom Hélder Câmara, homem de santas atitudes e reto caráter que marcaram profundamente a minha vida!

  • Como é uma Cerimônia Homo Afetiva?

     Primeiramente é um direito dos cidadãos de orientação sexual homo afetiva ter celebrado a sua união, a partir dai os diferenciais são muito poucos. O principal diferencial está ligado principalmente as terminologias onde substituimos "casal" por "Cônjuges" e ao invés de declará-los "Marido e Mulher", o fazemos dizendo "Declara-os Casados". Um aspecto bem importante de ser citado é o fato de que nos casamentos que já realizei, em nenhum deles, absolutamente nenhum houve um beijo escandaloso depois da declaração de casados, o que desmistifica os exibicionismos atribuidos ao publico LGBT, e é mais um produto do preconceito.

  • Como fazemos para obter o Efeito Civil em sua cerimônia?

     É muito simples. Basta que ao dar entrada nos papéis(três meses antes do casamento) informem ao cartório que sua celebração será com efeito civil(alguns cartórios podem exigir um documento chamado de Requerimento dos Noivos ao Cartório ou mesmo as Credenciais do ministrante, que será fornecido por qualquer celebrante habilitado e  sério). Acontecerá que o cartório emitirá documento de Habilitação com validade de noventa dias, que será entregue ao Profissional de Celebração. No dia da cerimônia o casal e as testemunhas(quatro) assinarão o Termo de Casamento Religioso com Efeito Civil que depois levado ao cartório(com assinatura do celebrante reconhecida, juntamente com o CPF) será usado como base para emitir a Certidão de Casamento(o próprio casal leva ao cartório). E pronto!

  • Quais são os regimes de bens que regem o casamento?

     

    ? Comunhão Universal de Bens: é o regime em que são reunidos 
    todos os bens dos cônjuges: os já existentes antes do casamento e 
    os que serão adquiridos durante o casamento, formando-se um 
    todo pertencente aos dois. Mas a lei exclui alguns bens da 
    comunhão, como o bem doado ou herdado com cláusula de 
    incomunicabilidade (bens que não se transferem para o cônjuge).
     
    ? Comunhão Parcial dos Bens: é o regime em que somente os bens 
    adquiridos durante o casamento são divididos entre os cônjuges. 
    Mas pela lei os bens recebidos por herança ou doação, durante o 
    casamento, são excluídos desta divisão, além de outros bens.
     
    ? Separação Convencional: é o regime em que os bens de cada 
    cônjuge serão apenas dele e não do outro, ainda que adquiridos 
    durante o casamento.
     
    ? Separação Legal: em certas circunstâncias a lei obriga a adoção 
    desse regime. Da mesma forma que o regime anterior, há uma 
    completa separação do patrimônio dos cônjuges.
     
    ? Participação Final nos Aquestos: é um regime misto.Durante o 
    casamento aplicam-se às regras da separação, mas,terminado o 
    casamento, a partilha dos bens do casal é realizada segundo as 
    regras da comunhão parcial, igualando-se os lucros conquistados 
    e as dívidas adquiridas. 
  • Como funciona a Licença Casamento?

     O artigo 473, II da CLT informa que são três dias consecutivos de licença-gala(faltas justificadas e não descontadas).

    Detalhe:  “os três dias consecutivos são os três subsequentes ao do casamento, não incluindo o próprio dia do casamento". 
     Os três dias devem se iniciar sempre no dia em que o empregado seria escalado para trabalhar.
    P.Ex.: Se vc casar no sábado e na sua empresa o Domingo é dia normal de trabalho, sua licença começa a contar neste dia, se casa na Sexta e o Sábado e o Domingo são dias de folga, a licença passa a contar da Segunda-feira.
    Quando retornar vc deve apresentar a Certidão de Casamento(Para os que Casam no civil e no religioso, deverá o empregado informar por escrito ao empregador o Casamento que pretende seja considerado, tenho visto a maior parte das pessoas considerarem a cerimônia religiosa. Os que passam a manter união estável, mesma coisa, a partir do início da União pode pedir por escrito ao empregador, comprovando que a partir daquela data passou a viver maritalmente com a outra pessoa)
  • Quanto Custa um Celebrante?(Marilete, 27/09/2014)

     R.: Ola Marilete, obrigado por seu contato. Um celebrante custa em média de 1.500 e se cobra menos do que isso pode estar começando e quer ganhar clientela e pode fazer experiência com seu evento. Por outro lado como o valor não é regulado cada celebrante conforme o serviço que oferece ou a projeção que tem no mercado cobra um valor, podendo chegar até 3.500, lembrando sempre que a primeira providencia é verificar a disponibilidade de data.  À disposição!

Chat Fechar